---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Vargem Bonita no Combate contra Dengue.

Publicado em 15/04/2019 às 15:57 - Atualizado em 15/04/2019 às 15:57

Vargem Bonita no Combate contra Dengue.

O Governo Municipal de Vargem Bonita desenvolve durante todo o ano a campanha de combate contra a dengue, pois sabendo que esta doença é um dos principais problemas de saúde pública no Brasil e que a cada ano morrem cerca de 20 mil pessoas em decorrência da transmissão pela picada do mosquito Aedes Aegypti, é que viemos alertar a todos os munícipes e pedir a compreensão de todos para os devidos cuidados que temos que ter para combater a Dengue em nosso município.

Os sintomas de infecção por dengue pode ser assintomática ou seja sem sintomas aparentes, denominada de grau leve podendo causar doença grave, levando à morte. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Na fase febril inicial da doença, pode ser difícil diferenciá-la. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas.

A Secretaria de Saúde e Bem-Estar de Vargem pede que caso você venha a sentir algum desses sintomas que procure a unidade de saúde mais próxima para ser avaliado pela equipe médica e realizar os exames comprobatórios da doença.

Segundo a Secretária de Saúde e Bem-Estar Social Aldacir S.S de Oliveira destaca ainda que a transmissão se dá pela picada do mosquito Aedes aegypti e após a pessoa ser infectada o período do desenvolvimento da doença no ser humano varia de 4 a 10 dias, após este período, surgem os sintomas da doença.

O departamento de controle da Dengue de Vargem Bonita alerta que a melhor madeira de se combater o mosquito Aedes aegypti é a prevenção, e a forma mais eficaz de se combater o mosquito é mantendo o domicílio sempre limpo e eliminando os possíveis criadouros. E Também combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

A Prefeita Melânia destaca que sabendo desta iniciativa do departamento de controle da Dengue em desenvolver a prevenção, combate e controle desta enfermidade no município, reafirma que embora não seja comum e aparente o surgimento desta doença em nosso meio, a mesma pode causar até a morte caso não seja diagnosticado precocemente os sintomas, por isso a necessidade de nos precavermos e nos cuidarmos para que isso não aconteça com nossos munícipes.